Como nasceu a NBA?

Basquete / 14 março, 2023

A National Basketball Association é a principal liga de basquete da América do Norte, trazendo atualmente 29 equipes dos Estados Unidos e uma equipe do Canadá. A liga é uma das quatro maiores do esporte americano junto com a NFL, a MLB e a NHL.

Hoje a NBA é sucesso de público e crítica, mas nem sempre foi assim. Tanto que a liga teve um início bastante inusitado, servindo apenas para dar alguma utilidade para os ginásios que ficavam parados durante as férias da temporada de hóquei no gelo.

Temas

A criação da BAA e as primeiras temporadasA fusão com a NBL e a criação da NBAA criação da ABA e uma nova fusãoA grande rivalidade entre Larry Bird e Magic JohnsonO surgimento de Michael JordanKobe Bryant e o início de uma nova era na NBALeBron James e os dias atuaisA criação da BAA e as primeiras temporadas

Walter Brown era o proprietário do time do Boston Bruins na NHL, a liga norte-americana de hóquei no gelo. E como todo bom homem de negócios tentava ao máximo minimizar as suas chances de ter algum prejuízo.

Foi assim que ele criou uma equipe de basquete para encher o ginásio Boston Garden, casa dos Bruins, quando ele não estivesse sendo usado.

Outros donos de franquias logo gostaram da ideia e em 1946 foi criada a Basketball Association of America, a BAA.

Anteriormente já haviam outras ligas de basquete criadas, mas a BAA logo ganhou a atenção do público justamente por ter os seus jogos disputados em grandes ginásios.

Ironicamente a primeira partida da história da BAA, considerada como a mãe da NBA, não foi jogada nos Estados Unidos. No dia 1º de novembro de 1946 no Maple Leaf Gardens em Toronto o New York Knicks derrotou o Toronto Huskies.

A fusão com a NBL e a criação da NBA

A primeira temporada da BAA foi vencida pela equipe do Philadelphia Warriors, que anos mais tarde se mudaria de casa e viraria o atual Golden State Warriors. No total a BAA teve três temporadas.

Mais:  Como transferir via PicPay – Betdicas

Pensando em expansão após as primeiras temporadas, a BAA anunciou uma fusão com a National Baskett League. A NBL era uma competição que já existia desde 1937 e conseguia atrair quase todas as grandes estrelas da época.

Após a fusão da BAA com a NBL a liga resolveu assumir em 1949 o nome que conhecemos até hoje a National Basketball League, NBA.

A criação da ABA e uma nova fusão

Tudo ia bem para a NBA até que em 1967 surge uma nova liga concorrente, a American Basketball Association, ABA. Durante o início dos anos 70 a ABA foi uma grande rival para a NBA e inflacionou o mercado, levando pra lá nomes como Julius Erving.

A concorrência foi grande até que as duas ligas anunciaram em 1975 um acordo de fusão que trouxe mais quatro franquias para a NBA: San Antonio Spurs, Denver Nuggets, Indiana Pacers e o New York Nets, atualmente Brooklyn Nets.

A grande rivalidade entre Larry Bird e Magic Johnson

Após a fusão entre ABA e NBA a liga começou a crescer rapidamente. Porém, ainda faltava mais um ingrediente para atrair ainda mais a atenção da imprensa e dos torcedores, agora cada vez mais acostumados com as equipes em suas cidades: a rivalidade.

Boston Celtics e Los Angeles Lakers já eram os maiores rivais na modalidade até que em 1979 dois calouros entraram na liga e mudaram para sempre a história do esporte: Larry Bird nos Celtics e Magic Johnson nos Lakers.

Era o ingrediente que faltava para atrair de vez a atenção da mídia. E apostar na NBA durante os anos 80 era, sem sombra de dúvidas, escolher entre qual dos dois seria o campeão.

O surgimento de Michael Jordan

Enquanto a rivalidade de Bird e Johnson atraia todas as atenções para Boston e Los Angeles, a Universidade da Carolina do Norte já preparava uma surpresa para o mundo, mandando para a NBA no draft de 1984 aquele que viria a ser o maior jogador de todos os tempos: Michael Jordan.

Ironicamente, Jordan não foi a primeira escolha do draft daquele ano, ficando atrás de Hakeem Olajuwon, escolhido pelo Houston Rockets e de Sam Bowie, a escolha do Portland Trail Blazers.Jordan mostrou que todos estavam errados e junto com nomes como Scottie Pippen, Steve Kerr e Dennis Rodman colocou o nome de Chicago de vez no mapa do esporte mundial com nada menos do que 6 títulos durante a década de 90, um dos maiores campeões da NBA.

Mais:  Palpites para Vasco x Flamengo e outros jogos de hoje

Kobe Bryant e o início de uma nova era na NBA

Quando Michael Jordan se aposentou da liga parecia que iria ficar órfã de um grande nome. Mas o que poucos sabiam é que o sucessor já estava em quadra e usava a camisa do Los Angeles Lakers. Seu nome era Kobe Bryant,

Kobe foi um jogador tão incrível que sequer precisou passar pela universidade para chamar a atenção dos olheiros: foi recrutado diretamente do colegial.

Bryant foi genial durante os seus 20 anos na liga, sempre usando a camisa dos Lakers. Por lá conquistou o título por cinco vezes.

LeBron James e os dias atuais

Outro que não precisou ir para a Universidade foi LeBron James. O astro foi recrutado pelo Cleveland Cavaliers no draft de 2003 e ainda está ativo atualmente na liga com um único objetivo: demolir recordes.

Em 2010 ao se tornar um agente livre LeBron James surpreendeu ao mundo e trocou os Cavaliers pelo Miami Heat, iniciando uma tendência que temos até hoje: a montagem de super times.

Foi em Miami que James teve a companhia de Dwyane Wade e Chris Bosh para conquistar o seu primeiro título.

Após o Heat de James outro time iniciou uma dinastia que dura até os dias atuais na NBA: o Golden State Warriors.